quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

2º Encontro - Parque Verde do Mondego ("Docas") - 15H

Olá boa noite,
Tal como se sucedeu no Domingo passado, neste próximo Sábado vai haver um outro encontro para todos aqueles que queiram jogar lacrosse. Desta vez da parte da tarde, às 15 horas no Parque Verde do Mondego ("Docas"). No 1º encontro houve poucas pessoas (poucos mas bons, eheh), peço então a todos os que estejam interessados em contactar com este desporto, apareçam pois vão gostar de jogar. O ponto de encontro será junto da ponte pedonal às 15 horas. Necessitam apenas de roupa desportiva e vontade para aprenderem a jogar este fantástico desporto.

Conto com a vossa presença!

terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Sabia que...

Um dos melhores jogadores na National Lacrosse League (NLL) tem descêndencia portuguesa? Pois, é verdade. O jogador chama-se John Tavares, nasceu no dia 4 de Setembro de 1968 em Toronto (Canadá), é jogador profissional de Box Lacrosse na NLL e professor de matemática na Philip Pocock Catholic Secondary School. John Tavares tem jogador a maior parte da sua carreira nos Buffalo Bandits desde a sua época inaugural em 1992. Tavares é também o representante do Buffalo Bandits na Associação de Jogadores Profissionais de Lacrosse.

Este jogador já fez história na NLL

No dia 20 de Janeiro de 2008, John Tavares marcou o seu 597º golo frente aos New York Titans, ultrapassando o número de golos de uma lenda do lacrosse Gary Gait. Tavares tornou-se então o jogador com mais golos na NLL.



Vídeo do 597º golo de Tavares

Na NLL, há uma estatística que é a junção dos golos e das assistências de um jogador (Pontos da carreira na NLL) . No dia 18 de Fevereiro de 2006, John Tavares igualou o valor de Gary Gait com 1,091 points. Mas no dia 4 de Março desse mesmo ano, Tavares num jogo frente aos Minnesota Swarm ultrapassou-o, tendo feito uma assistência para o golo de Mark Steenhuis aos 11:57, fazendo assim 1,092 pontos. Nessa altura, o jogo foi interrompido e a bola que estava em jogo, foi oferecida ao jogador.

Totais na sua carreira até 2007

Jogos: 194 (Buffalo Bandits)

Assistências na carreira (NLL): 648

Pontos na carreira: 1239

Tavares foi o primeiro jogador na história da NLL a ter 500 golos e 500 assistências.

Prémios ganhos na NLL

8 vezes considerado melhor jogador da semana, 9 vezes considerado o melhor avançado da semana e 9 vezes considerado o melhor jogador do mês.

Devemos dar valor a este jogador, não só pela sua carreira no Lacrosse, mas também por ser descendente de portugueses.

Força John Tavares

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Vídeo

Aqui está mais um vídeo, para todos vocês verem o espectáculo e a adrenalina deste desporto!

San Jose Stealth vs Calgary Roughnecks

Hoje às 15:00 na EuroSport2 vai ser transmitido o jogo entre:

San Jose Stealth vs Calgary Roughnecks



Constituição das equipas
San Jose Stealth:
3 - T.Booth
4 - A.Guindon
6 - C.Hodgson
7 - C.Doyle
8 - T.Johnson
9 - J.Zywicki
11 - K.Sorensen
13 - P.Veltman
15 - L.Wiles
17 - T.Fairlie
20 - S.Santos
21 - S.Holmes
23 - G.Rosyski
25 - E.Martin
29 - C.Sedgwick
44 - A.Cosmo
55 - S.Panarelli
77 - A.Bold

Calgary Roughnecks:
4 - D.Wray
7 - K.Hall
9 - K.Toth
11 - R.McNish
16 - M.Carnegie
20 - B.Codd
22 - C.Malawsky
24 - S.Carnegie
28 - D.Dobbie
30 - S.Dietrich
37 - A.McBride
40 - N.Heavenor
42 - L.Ratcliff
47 - G.Hinman
60 - R.Avery
71 - S.Ranger
77 - J.Shattler
85 - S.Cable

domingo, 27 de janeiro de 2008

Encontro de hoje no Parque Verde do Mondego ("Docas")

Foi hoje no parque verde do Mondego, o primeiro encontro informal para a prática de Lacrosse, que teve como objectivos melhorar as técnicas básicas apreendidas no dia 21 de Janeiro, dar a conhecer às pessoas esta modalidade e ao mesmo tempo dar uma oportunidade para terem contacto com este desporto. Foram duas divertidas horas dedicadas ao Lacrosse, que despertaram o interesse de muitas pessoas que passavam, o que é bom sinal. Mais encontros como este serão feitos, mas para a próxima espero contar com mais pessoas, pois assim vamos ter bases para implantar este desporto em Portugal.

Quem joga a primeira vez, já não quer outra coisa...Vem.

1º Colóquio de Lacrosse em Coimbra - Artigo do Jornal As Beiras

Este é o artigo sobre o 1º Colóquio de Lacrosse em Coimbra, que foi publicado pelo jornal As Beiras no dia 23 de Janeiro. Para lerem carreguem na imagem.

sábado, 26 de janeiro de 2008

Encontro - Amanhã - 10H

Olá boa tarde,
Como já foi dito, amanhã nas parque verde ("docas") poderão experimentar jogar lacrosse, por volta das 10 horas estarei lá com o material necessário para jogar. O ponto de encontro será junto da ponte pedonal.

Apareçam e obrigado

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Encontro - Domingo 27 de Janeiro - Parque Verde do Mondego ("Docas")

Olá bom dia,
Para todos aqueles que foram ao colóquio e à demonstração e aqueles que não foram e que queiram experimentar este espectacular desporto, têm a opurtunidade de o fazer no Domingo dia 27 de Janeiro às 10:00 no Parque Verde do Mondego, mais conhecido por "Docas". Este "treino" vai ser feito no sentido de melhorar as técnicas básicas apreendidas na Segunda-Feira, continuar com o Lacrosse e para que algumas pessoas tenham um primeiro contacto com esta modalidade. Assim, peço a todos os interessados que, caso esteja bom tempo, deixem aqui um comentário a dizer que vão lá estar para que eu saiba quantas pessoas estarão presentes.

Não percam esta oportunidade. Obrigado.

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Videos da demonstração


video


video

Espero que gostem..

P.S: Não somos profissionais...ainda eheheh

1º Coloquio de Lacrosse em Coimbra

Foi nesta Segunda-Feira, que decorreu o 1º Colóquio de Lacrosse em Portugal, mais concretamente em Coimbra no mini-auditório Salgado Zenha no edíficio da Associação Académica de Coimbra. Neste evento estiveram presentes como oradores: o presidente da Federação Europeia de Lacrosse - Mr. Peter Mundy - e Amit Biswas, treinador inglês.
Com alguns problemas no ínicio, que acabaram por ser resolvidos com um "milagre", no colóquio todos os espectadores tiveram a oportunidade de conhecer melhor o Lacrosse, desde as suas origens, evolução e expansão do Lacrosse, o número de clubes na Europa e o material utilizado no jogo pelos jogadores de campo e pelo guarda-redes. O colóquio durou cerca de uma hora e depois veio a melhor parte: a prática.
Fomos para o estádio Universitário de Coimbra, para ter um contacto com as técnicas básicas do Lacrosse: passe, recepção e apanhar a bola do chão (scoop). Com alguns exercícios, todos conseguiram apreender as técnicas em questão. No final da demonstração, para aplicar todas as técnicas e como momento de descontracção, foi feito um pequeno jogo de posse de bola que acabou por ser bastante interessante, divertido e muito disputado (eu perdi! eheheh). Desta tarde de Lacrosse, posso realçar que me pareceu que todos gostaram do desporto e mais importante ainda, que foi uma grande surpresa o número de pessoas que esteve presente no colóquio, isto porque a maioria delas nunca tinha ouvido falar desta modalidade.
Quero agradecer a todos os presentes, em especial: as turmas da Escola Secundária da Quinta das Flores e os seus professores, Hugo Almeida (Presidente de um clube de Basebol), aos colaboradores deste colóquio e um grande obrigado aos oradores que sem eles este colóquio não ia avante. Desde já também acrescento que vou continuar com o Lacrosse, estejam atentos pois haverá novidades.


Aqui ficam algumas fotos:




Carreguem para aumentar

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Lacrosse - EuroSport 2

Não percam hoje às 15:00 a transmissão do jogo da National Lacrosse League, em que vão estar frente a frente:


Edmonton Rush
VS
Colorado Mammoth



quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Material dos Jogadores de Campo

Este é o material utilizado pelos jogadores:

Equipas da Major Lacrosse League

Conferência Este -



Boston Cannons






Long Island Lizards






New Jersey Pride









Philadelphia Barrage







Rochester Rattlers






Washington Bayhawks






Conferência Oeste -

Chicago Machine




Denver Outlaws







Los Angeles Riptide







San Francisco Dragons








Fonte: Major Lacrosse League

Resultados da National Lacrosse League

Rochester Knighthawks - 9
Buffalo Bandits - 14
Sábado,12 de Janeiro

Philadelphia Wings - 19
Chicago Shamrox - 11
Sábado, 12 de Janeiro

Calgary Roughnecks - 12
San Jose Stealth - 13
Sábado, 12 de Janeiro

Portland Lumberjax - 11
New York Titans - 14
Sábado, 12 de Janeiro

Colorado Mammoth - 14
Edmonton Rush - 11
Sábado, 12 de Janeiro

Minnesota Swarm - 11
Toronto Rock - 4
Sábado, 12 de Janeiro

Buffalo Bandits - 9
Rochester Knighthawks - 12
Sexta-Feira, 11 de Janeiro

Toronto Rock - 16
Minnesota Swarm - 17
Sexta-Feira, 11 de Janeiro

Chicago Shamrox - 9
Toronto Rock - 11
Sábado, 5 de Janeiro

Colorado Mammoth - 10
Calgary Roughnecks - 9
Sábado, 29 de Dezembro

quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Lacrosse Internacional


O Lacrosse neste momento é jogado por mais de 25 nações em cinco continentes (Ásia, Austrália, Europa, América do Norte e do Sul).

Daqui a alguns anos pode ser que Portugal se junte a estes países..era bom sinal!


segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Termos do Jogo (Parte2)

Offensive Pick: A interferência legal por um adversário numa determinada posição a um defesa que está a tentar preservar a condução da bola.

Outlet Pass: O primeiro passe do guarda-redes e aí começa a transição da defesa para o ataque
Penalty Box: Local para onde um jogador se vai sentar após ter cometido uma falta. Espera 2 a 5 minutos (de acordo com a falta cometida).

Power Play: Quando uma equipa tem um jogador a mais devido à outra equipa ter menos um homem, pois encontra-se na penalty box.

Screen Shot: Quando um guarda-redes não conseguiu ver um remate pois alguém estava à frente do seu campo de visão.

Shorthanded: Quando uma equipa tem um ou mais jogadores na penalty box e o adversário está com todos os jogadores em campo ou o seu único jogador penalizado em campo.

Loss of Possession: screens ilegais tocar na bola em jogo, empurrar, e condutas ilegais estão entre os actos que podem levar à perda de bola de uma equipa.

Pick: Um jogador atacante sem bola coloca o seu corpo à frente do corpo do defesa para permitir que um colega de equipa se desmarque, receba um passe ou remate. Devem sem feitos estando parados e de forma passiva.

domingo, 13 de janeiro de 2008

Termos do Jogo

Body Check: Usado para atrasar um adversário que tenha a bola na sua posse; deve estar acima da cintura e abaixo do pescoço.

Breakaway: Situação de um para um (atacante e guarda-redes), oportunidade para marcar golo.

Cradle: Método usado para manter a bola dentro do bolso do stick balançando-o para a frente e para trás.

Crease: Só o guarda-redes pode estar nesta área, com um raio de 2,75 metros, com a bola . Os atacantes ou os seus colegas de equipa não podem estar na linha ou dentro dela ou então os seus golos não contarão. Alguma violação desta regra o golo é anulado.

Crosscheck: Uma estratégia defensiva em que se usa o cabo do stick contra um adversário, forçando-o a falhar ou a fazer um mau remate.

Hidden Ball Play: Um jogador sem a bola balança o seu stick, chamando a atenção do defesa, enquanto que um colega de equipa que tem a bola passa ou remata para a baliza.

Loose Ball: Ocorre quando ninguém tem a posse da bola e está a saltar, a rolar no campo.

Major Penalty: Cinco minutos na penalty box devido a infracções como: levantar voluntariamente o stick acima dos ombros, abordar por detrás do jogador adversário, face masking (agarrar o capacete do adversário), lutar e atacar um adversário com a parte de cima do stick (spear).

Man Down: Quando uma equipa tem pelo menos um jogador na penalty box

Minor Penalty: Penalty de dois minutos; há três diferentes tipos incluindo: atrasar o jogo, contacto por detrás, agarrar , bodychecking ilegal (por detrás do adversário), slashing (atingir o adversário na cabeça com o stick) e rasteirar, por exemplo.

Amanhã há mais...

sábado, 12 de janeiro de 2008

Sondagem

Está, desde ontem, no blog (coluna da direita) uma sondagem para saber qual a tua opinião sobre o Lacrosse. As oportunidades de escolha são: Muito fixe!, Era o que faltava, Não percebo nada de Lacrosse, Não gostei. A sondagem termina no dia 9 de Março às 20:00.

Gostaria que participasses!

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Mensagem de Ano Novo do Presidente da Federação Europeia de Lacrosse, Mr. Peter Mundy

Foi colocada hoje, pelo Presidente da ELF - Mr. Peter Mundy, a mensagem de Ano Novo. Prática normal desta época, a mensagem, este ano, dirige-se principalmente para os futuros projectos de introdução do Lacrosse nos países europeus, dos quais faz parte Portugal. Mr. Peter Mundy refere que:

"(...)For the future, our representatives will be travelling to Coimbra in Portugal later this month to hopefully introduce Lacrosse in this new area, which, if successful will be of benefit to our Spanish Association who have been working hard to develop the game in Spain.(...)"

Tradução: Para o Futuro, os nossos representantes irão viajar até Coimbra em Portugal, no final deste mês para, esperemos nós, introduzir o Lacrosse nesta área, o que seria, se tiver sucesso, algo de benéfico para a nossa Associação Espanhola de Lacrosse que têm vindo a trabalhar muito para desenvolver o desporto, em Espanha.

Eu também espero que, com o colóquio que se vai realizar no dia 21 de Janeiro, em Coimbra, a introdução do Lacrosse no nosso país seja um sucesso.

Melhores Momentos da MLL

Espero que gostem!!Porque da próxima vai ser melhor...

National Lacrosse League

A National Lacrosse League (NLL) criada no ano de 1998 é a liga profissional de Box Lacrosse masculino na América do norte. Tem actualmente tem 13 equipas; 3 do Canadá e 10 dos Estados Unidos, 2 das quais são novas para a época de 2007: os Chicago Shamrox e os New York Titans. Ao contrário das outras ligas de lacrosse que jogam no Verão, a NLL é jogada durante o Inverno. Em cada ano, as equipas que estão presentes no playoff disputam a Taça de Campeões.
Embora haja zonas específicas onde o lacrosse é popular, principalmente por razões históricas ou devido aos programas nos colégios académicos, o Box Lacrosse ainda é considerado um desporto marginal na maior parte da América do Norte.

Na NLL cada equipa joga um total de 16 jogos (oito em casa e oito fora) a época começa em Dezembro e termina em Abril, seguido do playoff para se decidir o campeão. Todos os jogos são jogados aos fins de semana.

Embora 10 das 13 equipas da NLL sejam americanas, aproximadamente 90% dos jogadores são canadianos.


As equipas presentes nesta liga: Arizona Sting, Colorado Mammoth, Philadelphia Wings, Buffalo Bandits, Edmonton Rush, Rochester Knighthawks, Calgary Roughnecks, Minnesota Swarm, San Jose Stealth, Chicago Shamrox, New York Titans e Toronto Rock.

National Lacrosse League

terça-feira, 8 de janeiro de 2008

1º Colóquio sobre Lacrosse em Portugal


No dia 21 de Janeiro na Sala Salgado Zenha, no edifício da Associação Académica de Coimbra, às 14:00, vai-se realizar o primeiro colóquio sobre Lacrosse em Portugal. Tudo começou com um projecto que realizei no ano passado no estágio de final de curso. Desde aí até hoje, desejei que este momento chegasse. Este colóquio tem como objectivo promover o lacrosse em Portugal e vai ter a presença, como oradores, o Presidente da Federação Europeia de Lacrosse, Mr. Peter Mundy e o seu secretário, Amit Biswas. Terminado o colóquio, haverá uma demonstração do desporto no Estádio Universitário de Coimbra, onde os participantes vão ter a oportunidade de contactar com esta espectacular modalidade. Gostava de contar com a presença de todos vocês para abraçarem o LACROSSE, que poderá colocar muitos corpos em adrenalina..

O lacrosse nos dias de hoje

Nos Estados Unidos, o desporto é popular nos estados de Maryland (onde se tornou o desporto de equipa oficial em 2004), Nova Iorque, Nova Jersei, Pensilvânia, Nova Inglaterra (grupo de estados no nordeste dos Estados Unidos) e em outros estados ao longo da costa Leste. Além do mais, a sua popularidade começou a estender-se à costa Oeste e no Texas devido à visibilidade de desporto dada pelos meios de comunicação, ao crescimento dos programas nos colégios e escolas secundárias e pequenas ligas em todo o país. A expansão do Lacrosse na zona ocidental foi facilitada em grande parte devido à localização da Academia de Força Aérea dos Estados Unidos no Colorado. A academia começou um programa de lacrosse para competir contra o Exército e a Marinha. As duas únicas equipas na I Divisão da NCAA (National Collegiate Athletic Association) de lacrosse masculino a Oeste do Rio Mississipi são as equipas da Força Aérea e da Universidade de Denver (hoje em dia há muitas mais).

A explosão do Lacrosse foi facilitada pela introdução das cabeças do stick plásticas inventadas pela marca Baltimore (estado de Maryland) - fabricante da marca de equipamento STX (sticks) a partir de ano de 1970. Esta inovação reduziu o peso e o custo do stick, e fez com que o jogo tivesse passes mais rápidos e uma velocidade de jogo mais rápida.

Há actualmente a nível académico…

57 equipas masculinas na I Divisão do NCAA;

32 na II Divisão, e 131 na III Divisão

83 equipas femininas na I Divisão,

37 na II Divisão e 154 na III Divisão.

Quase 200 equipas masculinas dos colégios académicos competem ao nível da Men's Collegiate Lacrosse Association (liga académica), incluindo também a maior parte das principais universidades dos Estados Unidos.

e a nível profissional…

Há 13 equipas a jogar na National Lacrosse League (liga de Box Lacrosse); 10 dos Estados Unidos e 3 do Canadá;

Na Major League Lacrosse (liga de Lacrosse outdoor), há 10 equipas, todas dos Estados Unidos e mais 2 equipas que competirão na época de 2008;

A Liga de Lacrosse Australiana tem 3 equipas; 1 para cada estado: Victoria, South Austrália e Western Australia;

O nível mais elevado de Box Lacrosse tem duas ligas no Canadá: a Western Lacrosse Association e a Major Series Lacrosse, ambas com 7 equipas.

segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Momentos da Major Lacrosse League

Fiquem com este vídeo que demonstra o verdadeiro espírito do Lacrosse.



Os melhores momentos da Major Lacrosse League

História do Lacrosse

O lacrosse foi o primeiro desporto dos indígenas americanos (antes do séc. XV), cada equipa era constituída por 100 a 1000 jogadores em campo, o qual se estendia de aproximadamente 457,20 metros à um par milhas de comprimento (usavam fronteiras ou limites naturais). Eram disputados para “ajustar contas” inter-tribais. Os jogadores concentravam-se primeiro em lesionar os seus adversários com os seus “sticks” pois assim facilmente marcavam golos. Os jogos duravam desde o nascimento até ao pôr-do-sol ou mesmo durante dois a três dias. Com frequência os jogadores eram gravemente lesionados e até mortos. As primeiras bolas eram feitas de pele de veados e também de camurça, barro, pedra e madeira.

O lacrosse desempenhou um papel significante na comunidade e na vida religiosa das tribos de todo o continente por muitos anos. Foi caracterizado pelo envolvimento espiritual profundo, aqueles que fizeram parte destas tribos, jogavam-no com um papel de guerreiros, com o objectivo de sentirem honra e glória por eles próprios e pelas suas tribos, ao preparar os jovens para os futuros combates e dar assim, graças ao Criador.

Designado pelos nativos-americanos por:
•Dehuntshigwa'es em Onondaga* ("homens batem num objecto arredondado");
•Da-nah-wah'uwsdi em Cherokee oriental* ("um pouco de guerra"),
•Tewaarathon na língua Mohawk* ("pequeno irmão da guerra"),
•Baggattawag em Ojibwe* ("eles batem bolas").



O jogo só foi denominado Lacrosse pelos primeiros observadores franceses.


Acredita-se que o nome derivou do termo francês "crosse", para o stick parecido a um pau dos pastores transportada por bispos. O missionário jesuíta Jean-de-Brébeuf observou a semelhança entre o croisier e a forma de um stick com uma raquete em aproximadamente 1636. De facto, o termo crosse é uma palavra em francês que se usa para denominar qualquer tipo de bastão ou pau usado num jogo com bolas. O Lacrosse de nome é simplesmente uma reflexão deste termo, e possivelmente uma estenografia de uma frase como "le jeu de la crosse" (o jogo do pau).
•No século XIX, o lacrosse foi desenvolvido para um jogo menos violento e mais organizado do que o Lacrosse que os pioneiros franceses começaram a praticar.
• Em 1856, Dr. William George Beers, um dentista canadiano e responsável pelo aparecimento do lacrosse na Europa, fundou o Clube de Lacrosse de Montreal e em 1867 regulamentou a modalidade, encurtando o duração de cada jogo e reduzindo o número de jogadores por equipa (10 jogadores).
• O primeiro jogo de Lacrosse, jogado seguindo as regras de Dr. William George Beers, foi no Upper Canada College em 1867, com a equipa do Upper Canada College a perder contra Toronto Cricket Club por um resultado de 3-1.
• A partir do ano de 1900, escolas secundárias, colégios, e universidades começaram a praticar Lacrosse que foi disputado pela primeira vez nos Jogos Olímpicos de Verão do ano de 1904 e 1908.
•No ano de 1930, uma versão indoor do jogo, Box Lacrosse, foi introduzida no Canadá. Rapidamente ficou, e ainda permanece, a versão dominante do Lacrosse nesse país. Uma versão posterior ao Box Lacrosse, Indoor lacrosse, é jogada profissionalmente tanto no Canadá como nos Estados Unidos (Box Lacrosse e Indoor Lacrosse são termos sinónimos).

sábado, 5 de janeiro de 2008

O que é o Box Lacrosse?

O Box Lacrosse (às vezes denominado de boxlax, boxcrosse, ou indoor lacrosse) é uma versão indoor do lacrosse jogado em todo o Canadá e em algumas zonas dos Estados Unidos. Geralmente jogado no Verão numa arena de hóquei no gelo no qual o gelo é coberto por um piso artificial. A área de jogo é chamada de box, em contraste com o lacrosse de campo que é jogado em campo aberto.

O Box Lacrosse foi inventado no ano de 1930 como um modo de promover o negócio de arenas de hóquei no gelo, e muito rapidamente ficou a versão de Lacrosse mais popular do Canadá. É a versão mais popular na República Checa, provavelmente devido à familiaridade do país com o hóquei no gelo. É também jogado nos Estados Unidos da América e na Austrália, embora praticado principalmente por jogadores que praticam lacrosse outdoor.
O Box Lacrosse e o Lacrosse (outdoor) têm regras muito diferentes bem como as superfícies de jogo:

• No Box Lacrosse a baliza é mais pequena (1.22 m × de 1.22 m ou de 1.22 m 1.37 m) do que no lacrosse ao ar livre e o guarda-redes usa mais protecções.

• No dia do jogo equipam-se 18 jogadores (16 jogadores de campo e 2 guarda-redes). Dentro de campo as equipas são compostas por um guarda-redes e cinco jogadores de campo, o total de jogadores por equipa é de 23 jogadores.

• A equipa que ataca tem 10 segundos para ultrapassar o meio-campo e 30 segundos de posse da bola no meio-campo adversário, tempo limite para rematar e marcar golos.

• O Box Lacrosse é um jogo mais duro do que o lacrosse ao ar livre, visto que é permitido o crosschecking (atingir outro jogador com o stick aberto entre as duas mãos como no Hóquei de gelo).

• O jogo é constituído por quatro períodos de quinze minutos cada um, com as equipas a trocarem de campo no final de cada período (o tempo de jogo depende da liga).

• Entre o primeiro e segundo período e o terceiro e o quarto há um intervalo de 2 minutos, entre o segundo e terceiro período há um intervalo de 12 minutos. Se o jogo estiver empatado no final do tempo regulamentar pode se jogar um prolongamento. O prolongamento pode ou não ser morte súbita, dependendo da liga.

O que é o Lacrosse?

O Lacrosse é uma modalidade de equipa, jogada por 10 jogadores (equipas masculinas) e 12 (equipas femininas), em que cada jogador usa um stick com uma rede (o crosse) onde através de passes e recepções de uma bola de borracha têm o objectivo de marcar golos (que normalmente vale um ponto, mas na Major League Lacrosse vale um ou dois pontos) rematando a bola para dentro da baliza do adversário. A equipa que marcar mais pontos em duas partes, de variada duração (varia de competição para competição), ou num prolongamento, se necessário, ganha (no prolongamento, ganha quem marca primeiro).

O Lacrosse masculino é jogado num campo de relva ou de piso artificial. Cada equipa é constituída por 10 jogadores que jogam ao mesmo tempo: três atacantes, três médios, três defesas e um guarda-redes. No Lacrosse masculino, os jogadores devem usar equipamento de protecção nas suas cabeças, ombros, braços e nas mãos, a comprovação do uso do equipamento faz parte do jogo, e bater com o stick nos braços e mãos do adversário quando ele conduz a bola é considerado legal.

O Lacrosse feminino é jogado da mesma maneira à excepção que há mais dois médios por equipa. As jogadoras apenas usam protecção nos olhos (excepto a guarda-redes que usa mais equipamento: um capacete, caneleiras e uma protecção para os seios. O contacto não é permitido apenas pequenos toques com o stick.

O início de uma nova amizade

PORTUGAL também tem o direito de conhecer mais sobre a modalidade desportiva com mais adrenalina de todas: o LACROSSE. Porque ninguém pensou nisso antes?
Aqui neste blog apresenta-se o historial deste desporto, até então, nulamente mediatizado no nosso país, bem como notícias sobre as ligas, curiosidades e personalidades de sucesso do Lacrosse, etc.